Notícias

Empresa de móveis planejados é condenada a indenizar cliente por quebra de contrato

25/07/2019 DIREITO DO CONSUMIDOR

O juiz do 1º Juizado Especial Cível de Águas Claras condenou a empresa de móveis Atacadão do MDF ao pagamento de danos materiais devido à interrupção na execução de serviço. O autor da ação disse que fechou contrato com o estabelecimento para a confecção de móveis, em sua loja comercial, mas a entrega do mobiliário não foi concluída.

Segundo ele, a montagem da mobília deveria acontecer num prazo máximo de trinta dias. No entanto, a empresa iniciou o serviço, indo até a loja, mas não terminou o trabalho e abandonou o local, explicou. O cliente comprovou, nos autos, a relação jurídica existente com a empresa, por meio do contrato de prestação de serviços, e também o descumprimento das obrigações.

O magistrado, ao analisar o caso, explicou que é ônus da parte demandada produzir prova quanto à existência de fato impeditivo, modificativo ou extintivo do direito da parte autora. O responsável pela empresa, no entanto, não compareceu à sessão de conciliação e não justificou o motivo de sua ausência. Assim, foi decretada a condenação da ré ao pagamento de R$ 17.900,00 e, ainda, a rescisão contratual entre as partes.

Cabe recurso da sentença.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Distrito Federal