Notícias

Consulados italianos no Brasil recebem verba para agilizar fila de pedidos de cidadania

19/01/2018 DIREITO DE IMIGRAÇÃO

A demora do atendimento para conseguir a cidadania italiana pode estar com os dias contados. O Ministério das Relações Exteriores da Itália liberou 407 mil euros (R$ 1,58 milhões) para o consulado italiano em São Paulo e outros 381 mil euros (R$ 1,48 milhão) para o consulado da Itália em Porto Alegre. A verba deve ser aplicada para a melhoria nos serviços oferecidos e na redução das longas filas para reconhecimento de cidadania.

Ao todo, são 112 mil brasileiros a espera de obter a cidadania do país europeu. Somente no Consulado Geral da Itália em São Paulo são 70 mil pessoas que deram entrada no pedido de cidadania e ainda estão a espera da finalização do processo.

As reclamações quanto à demora de atendimento são um problema recorrente para os descendentes italianos que vivem na América do Sul. Tanto que, além dos consulados no Brasil, vão receber repasses as sedes de Buenos Aires e Rosário (na Argentina) e de Montevidéu (no Uruguai).

Segundo a assessoria de imprensa do senador italo-brasileiro Fausto Longo, que participou de encontros na América do Sul a respeito da demora enfrentada por quem procura os consulados, a verba ainda não chegou aos consulados, o que deve acontecer dentro de algumas semanas, mas sem data prevista.

Uma taxa de 300 euros passou a ser cobrada desde 2014 pelo serviço de reconhecimento da cidadania italiana. Os recursos obtidos por meio dessas arrecadações deveriam ser restituídos em 30% para a melhoria nos serviços dos consulados e regularização dos processos de cidadania. Porém, até então, os recursos ainda não haviam sido repassados.

Novos repasses de verbas para a melhoria dos serviços devem ser feitas, referentes a valores arrecadados pelos consulados em 2016 e 2017. Os valores serão destinados a contratação de pessoal para potencializar a rede consular.

Fonte: Gazeta do Povo